domingo, 26 de abril de 2009

Marley & Me

Quando vou ao cinema, não me comovo facilmente.
Mas, nos filmes, há três coisas que são capazes de me pôr a lágrima no cantinho do olho: velhinhos, pessoas gordinhas e animais. Sobretudo, os animais... Os cães, mais precisamente. Quando era pequena e me perguntavam "queres um mano ou uma mana?", eu responderia sempre "quero um cão". Bom, pelo menos era decidida e sabia bem aquilo que queria!
E, consciente desta minha fraqueza, tomei a decisão de ir ver o "Marley & Me" ao cinema. O resultado já era esperado: Chorei que nem uma perdida. Chorei, chorei, chorei... E chorei. As pessoas saíram da sala e eu fiquei lá ainda a gastar as lágrimas que faltavam.
Se o livro me tinha abalado, o filme então deixou-me o coração bem apertadinho.
(Escusado será dizer que hoje o Vix - o meu beagle - ganhou mais mimos do que é costume)

9 comentários:

MRV disse...

Também já vi o filme... mas em DivX e com legendas em português do Brasil. Deve ser por isso que não me comovi... raios partam o acordo ortográfico!

Boa semana.

Cate disse...

Não tens sentimentos.

Caroca disse...

Quando cheguei a casa também não larguei o Teem. Mas nem chorei muito, com o livro foi muito pior.

Mas no geral, sempre que aparecem cães choro, tipo Animal Hospital, pareço uma madalena...

MRV disse...

Tenho sim... mas guardo-os para as pessoas que merecem.

Sofia disse...

e tecnicamente impossivel nao chorar com o Marley!

Cate disse...

Sofia?! És mesmo tu?!

Analog Girl disse...

Mas que raio...tenho de ver o filme!
Toda a gente chora!!!
Incrível!

p disse...

Eu queria ver o filme, mas eu normalmente já sou uma pessoa que chora muito. Muito mesmo, em quase todos os filmes.

Por isso estou reticente em relação ao Marley. Se o vir, tem que ser totalmente isolada do mundo.

Fran disse...

a mim são os velinhos :)