quarta-feira, 26 de agosto de 2009

A Argentina tem o Quino e tem a Mafalda.


Uma escultura de Mafalda, a popular personagem criada pelo argentino Quino, ficará instalada a partir de domingo, em Buenos Aires. Mafalda ficará sentada num banco com uma altura de 80 centímetros, no preciso bairro onde decorria a história da personagem e a uns escassos metros do local onde vivia o seu criador, Joaquín Salvador Lavado (mais conhecido por Quino).
A estátua é da autoria do escultor Pablo Irrgang e celebra a curta - mas gloriosa - vida de uma personagem que se tornou símbolo da contestação e do inconformismo nos anos 60 e 70. A Mafalda, criança céptica e pessimista, surgiu pela primeira vez em 1964 numa série de tiras publicadas em três jornais, arrancando o riso e provocando a reflexão aos seus leitores até 1973, ano em que Quino decidiu pôr fim à aventura.
O autor nasceu em Mendoza em 1932 e reside actualmente em Itália. No próximo domingo, será homenageado na Argentina. De regresso a Buenos Aires, onde viveu vários anos e onde criou Mafalda, lamentou que a cidade se encontre arruinada e irreconhecível.
Quino confessou que todas as personagens da Mafalda têm um pouco dele próprio, e que se identifica mais com Felipe, Miguelito e Libertad. Sublinhou ainda que Mafalda é uma personagem feminina porque «as mulheres são muito mais astutas do que os homens».

Uma homenagem merecida, tanto ao criador como à criação.
E agora teho mais uma razão (entre mil) para ir a Buenos Aires.
Até já estou a imaginar a minha foto agarrada à Mafaldinha.
*suspiro*

2 comentários:

Analog Girl disse...

Oh também queria!
Sou fã da Mafaldinha...

franqq disse...

O Quino é tão marido?